“O PSDB não é um partido que se reúne somente em época de eleição. O nosso trabalho é consistente e contínuo.” diz o presidente estadual Giuseppe Vecci

25/02/2018

 

O diretório estadual do PSDB realizou na manhã deste sábado (24/02), encontro com vereadores e presidentes municipais. O atual vice-governador de Goiás e pré-candidato ao executivo estadual no próximo pleito, José Éliton Júnior, não compareceu ao evento. Dirigentes partidários discutiram as estratégias a serem adotadas pelo PSDB na campanha eleitoral.

 

 

 

Foi informado pela assessoria de imprensa do evento que José Éliton não conseguiria chegar a tempo de participar do encontro, realizado no auditório do Confort Suites, na Avenida Deputado Jamel Cecílio. Ele estava cumprindo agenda do governo estadual no sudoeste goiano, na região de Aporé.

 

O maior nome presente no encontro foi do presidente estadual do PSDB e deputado federal, Giuseppe Vecci.  Em entrevista ele destacou que a grande questão é se avançar na segunda vaga para o Senado, já que Marconi Perillo deve ser o candidato na outra vaga ao parlamento. Vecci demonstrou preocupação na manutenção de unidade, pois há muitos nomes para apenas uma vaga.“Eu acredito que com as discussões que estão avançando, talvez ainda haja uma indefinição quanto a vaga do senado, mas há diálogo e esperamos que possa encontrar uma solução para isso também (...). Acho que todos os partidos têm direito de pleitear uma vaga, o problema é o número de vagas, mas está caminhando para fechar essa questão”, afirmou.

 

Marconi Perillo deixa o governo no início de abril para disputar eleição e José Éliton assume o cargo. Giuseppe Vecci entende que o vice-governador tem condições de não apenas ampliar alianças para terminar o atual governo, mas de fazer uma costura forte visando o processo eleitoral.

 

“Acho que ele já está ampliando o leque de alianças não só para o governo, mas para a candidatura. As ações são de continuidade. Acho difícil ter um novo plano agora. Se ele tocar já o existente, está bom demais”, afirmou.

 

Interferência nacional

 

Foi divulgada nesta sexta-feira (23), no jornal o Estado de São Paulo, uma informação de que poderia haver uma interferência dos diretórios nacionais do DEM e do PSDB, em que haveria apoio a uma candidatura tucana de Geraldo Alckmin à presidência da República, em troca de apoio do PSDB ao DEM em alguns estados, entre eles Goiás. Neste caso, o PSDB teria de abrir mão da candidatura de José Éliton, em apoio ao Senador Ronaldo Caiado.

 

Vecci descartou esta hipótese, disse que apesar da política ser a arte da conversa, tudo tem um limite. “Eu acho muito remoto. A política é a arte do diálogo e das conversas, mas aí é demais. Você não pode avançar um tanto que não tenha condições. A população e nós temos princípios, temos valores, temos conjunto de trabalho. Vi essa manifestação, mas é infundada”, afirmou.

 

Vecci disse ainda que o objetivo do encontro deste sábado (24), é a de fortalecer do PSDB nos 50 maiores municípios de Goiás. “Queremos dinamizar os movimentos do PSDB nos 50 maiores municípios, por exemplo implantar o PSDB Mulher nos 50 municípios, o PSDB Jovem, todos os movimentos do PSDB. Tudo isso para que tenhamos bons candidatos para deputado estadual, deputado federal, senado e governo”, declarou Vecci.

 

Para o Professor Júlio Paschoal recém empossado presidente estadual do Instituto Teotônio Vilela. Cabe ao Instituto formar quadros políticos e líderes e ainda dar suporte ao PSDB Estadual, em seu processo de reestruturação e crescimento. Sua essência está na "Social Democracia" que defende o crescimento com ganhos sociais. Paschoal disse ainda da importância de presidente do partido, vereadores, prefeitos e militância abraçarem a pré-candidatura do vice governador José Eliton, ao Governo, do governador Marconi Perillo, ao Senado, de eleger o maior número de deputados estaduais e federais, além de Geraldo Alkimin, para Presidência da República. O PSDB tem os melhores projetos e quadros para contribuir com o desenvolvimento dos municípios, Estado e do país. Para mim é um orgulho também poder colocar o meu nome para a disputa de uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado e poder através de um trabalho sério, representar todos aqueles que em mim acreditar.

 

Interior

 

Apesar da ausência de José Éliton na atividade do PSDB, dirigentes da legenda no interior do estado, estiveram presentes no encontro. Para o presidente do PSDB de Goiandira, Odemir Júnior, o que a base de Marconi Perillo precisa observar é a manutenção de uma unidade. Ele acredita que se houver divisão, o processo eleitoral se torna mais difícil. O dirigente partidário entende que os partidos aliados ao PSDB só conseguiram êxito nas últimas eleições porque estavam agrupados num mesmo propósito e a oposição estava desarticulada. “Para nós dos municípios, entendo que o mais importante para a base aliada do governador Marconi Perillo é justamente a unidade entre os partidos. Como a base é forte, os outros partidos racham, como é o caso que estamos vendo entre DEM e MDB”, afirmou o presidente do PSDB de Goiandira.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '