PSD pode não apoiar Zé Eliton e migrar para Caiado ou Daniel, diz Vilmar Rocha

14/05/2018

 

 

Em entrevista no último dia 11/05, o presidente do PSD em Goiás Vilmar Rocha, fala sobre as expectativas para as eleições de 2018. Para ele, a sigla deve tomar um rumo próprio nestas eleições. Apesar de ser da base aliada do atual governo, de acordo com Vilmar as decisões serão tomadas individualmente. Mas, a tendência é que o partido não participe da chapa do atual governador, José Eliton (PSDB), ” a eleição majoritária e às alianças só serão decididas em agosto”. Quanto ao apoio aos principais candidatos da oposição, Vilmar não descartou essa possibilidade “podemos sim, apoiar, Ronaldo Caiado (DEM) como Daniel Vilela (MDB).”

 

 

 

Questionado sobre o apoio à candidatura do ex-governador Marconi Perillo ao Senado Federal, caso o PSD decida participar de uma coligação contrária ao tucano, o presidente responde que “não terá problema nenhum, continuaremos amigos, só tomaremos decisões políticas diferentes”.

 

Vilmar Rocha ainda colocou o seu nome à disposição para uma eventual candidatura ao Senado Federal. Na eleição passada, ele recebeu cerca de um milhão de votos. Número que, segundo ele, é difícil de ser alcançado. Ele se diz qualificado “politicamente, eleitoralmente, intelectualmente e eticamente”. Porém, ainda não garante sua candidatura para as eleições deste ano. (Fonte: Jornal Diário do Estado)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '