Parlamentares de Davinópolis já se movimentam por disputa da presidência da Câmara Municipal

24/11/2018

 

Os vereadores de Davinópolis já se movimentam para a disputa do cargo de presidente da Câmara Municipal. O pleito será em dezembro. Apesar de muitos nomes serem ventilados, na última sessão (19/11) o vereador Huberdan Francisco Nunes (Solidariedade) diz que tem interesse no pleito pelo grupo do prefeito Diogo Rosa Nunes (MDB), e está conversando com os colegas parlamentares. O legislativo davinopolino teve algumas mudanças pós pleito suplementar com a efetivação e volta a casa de leis do ex-presidente Laís Cândido Sebastião Neto no lugar do atual vice prefeito Nelson Machado da Silva – que é também presidente do Democratas no município e um dos fiéis aliados do governador eleito Ronaldo Caiado (DEM), e também a posse do suplente Edison Ferreira da Fonseca (Zoinho do PSB), diante a licença do vereador Winas Martins Borges (PT) para assumir a Secretaria Municipal de Saúde. No realinhamento de composição na Câmara o vereador Jerusalém Machado dá sustentação ao referido grupo do atual prefeito.

 

 

 

Pela oposição os vereadores: Michelle Severino Campos, Wilker Ferreira da Silva e Ermelindo Lopes Filho pleiteiam a formatação de uma chapa de consenso, na qual conta com Paulo Cesar Carneiro e João Jose Rodovalho - Tita. Huberdan a nossa reportagem disse que apresentara proposta aos parlamentares de uma aproximação da Câmara com os moradores da cidade. “Entendo que o momento de transformação pelo qual passa a política brasileira precisa de oxigenação e de ousadia para consolidar essas mudanças. Os políticos devem buscar mais proximidade com o eleitor, devem empreender na política com o uso da tecnologia e, sobretudo, acabar com os privilégios. Meu nome representa essas necessidades. É a hora certa de expor essas questões, e percebi o quanto é importante me posicionar. É hora de termos um legislativo atuante, de tornar a Câmara de Davinópolis mais eficiente, mais transparente e mais participativa”, justifica Huberdan. “Considero que a participação popular no Legislativo municipal deve ser estimulada. Não podemos ficar distantes das pessoas. O objetivo vai além do interesse eleitoral. Creio que a eleição do presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Davinópolis é muito importante, e os eleitores, a participarem do processo, estarão interagindo com seus representantes”, disse o pretenso candidato.

 

 A vereadora Michelle Severino Campos é ventilada para disputa, visto que ocupou a presidência da casa interinamente por 40 dias. Ela disse que pretende levar adiante a ideia com uma candidatura representada por um grupo de vereadores que querem mudanças inovadoras na Câmara e independente. Wilker Ferreira que comandou a cidade interinamente e disputou a eleição é outro que tem grandes chances de disputar a presidência da Casa. “A gente está trabalhando na montagem de um grupo de 5 vereadores, e desse grupo vai sair o nome para a disputa. É um grupo ligado ao nosso partido PR”, disse o vereador. Wilker afirma que não tem a ambição de ser o mandatário da Casa, mas está disposto a se candidatar buscando o melhor para a Câmara.

 

O vereador Ermelindo Lopes Filho (Miluzinho), diz que coloca seu nome na disputa “Eu não sou nem situação nem oposição. Já está na hora de buscamos a imparcialidade”, pontua o parlamentar.

 

Mal tomou posse para o mandato de eleição suplementar o prefeito de Davinópolis Diogo Rosa Nunes (MDB), ainda montando sua equipe de trabalho tem nas próximas semana, que mostrar articulação para a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores para a gestão 2019-2020. 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '