Em almoço com Bolsonaro, Caiado articula liberação de R$ 1,06 bi em restos a pagar no orçamento federal

16/03/2019

 

 

Encontro organizado por Rodrigo Maia contou com a presença também do presidente do STF, Dias Toffoli, de ministros e parlamentares

 

 

 

O governador Ronaldo Caiado participou neste sábado (16/3) de almoço com o presidente da República, Jair Bolsonaro, na residência oficial da Câmara dos Deputados. Aproveitou o encontro, organizado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, para apresentar demandas de Goiás a Bolsonaro e a ministros presentes, entre elas a liberação de R$ 1,06 bilhão em emendas ao orçamento federal que estão em restos a pagar. “É dinheiro que vai chegar aos 246 município”, disse. 

 

Bolsonaro sinalizou à sua equipe que desse andamento a essa solicitação. O governador disse ainda que esse dinheiro vai ajudar prefeitos e Estado a dar prosseguimento em obras e serviços. “Falei a Bolsonaro sobre a situação difícil dos Estados e ele está sensibilizado”, afirmou.

 

“Digo e repito: não vamos desagradar gregos e goianos. Governador Caiado tem o nosso carinho e Goiás pode contar com a parceria do governo federal”, afirmou Bolsonaro, em tom bem humorado, no encontro de hoje à tarde.

 

Ronaldo Caiado ainda reafirmou o convite a Bolsonaro para participar da abertura da Tecnoshow Comigo, em Rio Verde, dia 8 de abril. O governador também pediu celeridade na montagem da ponte de metal provisória que o Exército irá fazer na GO-060, em Israelândia. E ainda acertou detalhes com o governo federal para garantir que a Enel seja fiscalizada e regularize os serviços ao consumidor goiano. 

 

De acordo com o governador, esse encontro conseguiu levar os três poderes para convergirem na pauta prioritária do País que a busca pela solução da situação fiscal dos estados e a aprovação da reforma da previdência. “Os presidente dos poderes foram nessa vertente, de união, demonstrando sintonia em busca de caminhos para solucionar esses problemas, disse. 

 

O presidente Bolsonaro disse aos presentes que o Brasil não pode perder essa oportunidade. “O momento é união. Não vamos deixar de ter esperança”, disse Bolsonaro, em relato do governador. O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, do STF, Dias Toffoli, ministros e parlamentares também participaram do evento.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '