Senador Vanderlan Cardoso recebe ministro Marcos Pontes em audiência pública na CCT

25/04/2019

 

 

Ministro das Ciências e Tecnologias esteve na Comissão para apresentar as prioridades da pasta para os próximos anos

 

 

 

O presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT), senador Vanderlan Cardoso,  enalteceu a  participação do ministro das Comunicações,  Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, na  audiência pública desta quarta-feira(24) na Comissão, quando anunciou os projetos de sua pasta para os próximos 4 anos. O ministro apresentou as prioridades e respondeu perguntas feitas pelos presentes e pelo cidadão que participou online, em todo Brasil, pelo “ecidadania”, um porta do Senado onde a população pode acompanhar e participar das atividades legislativa.

 

A audiência foi prestigiada por autoridades convidadas, como deputados de Goiás, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Goiás, Adriano Rocha Lima, o secretário de Ciência e Tecnologia do Distrito Federal, Gilvan Máximo, o reitor do IF Goiano, Vicente Pereira, e vereadores de diversas cidades.

 

“O debate foi bastante positivo e o ministro Marcos Pontes apresentou informações importantes sobre os rumos da ciência, da pesquisa e inovação tecnológica no país. A vinda dele, aqui na Comissão, sempre engrandece os debates e fortalece o trabalho que estamos realizando”, disse o presidente da Comissão, senador Vanderlan Cardoso.

 

O senador lembrou que sua gestão na CCT tem sido marcada pela celeridade nas tramitações de matérias e no debate técnico sobre investimentos na ciência, pesquisa e inovação. Ele lembrou que  distribuiu cerca de 220 matérias, que estavam paradas na Comissão, para serem relatadas e que, a  cada reunião, os relatórios  concluídos são submetidos a votação. “Só na semana passada foram aprovadas 21 matérias, por exemplo, o que demonstra o nosso ritmo de trabalho” frisou o presidente Vanderlan.

 

 

 

 

3 horas de audiência com o Ministro

 

Durante cerca de 3 horas, o ministro Marcos Pontes apresentou propostas e respondeu perguntas dos senadores, de convidados e dos internautas brasileiros interessados em saber os rumos e os desafios da ciência para os próximos anos, no Brasil. Neste sentido, o ministro anunciou que o Ministério avalia reajustar as bolsas de estudos concedidas pelo Conselho Nacional de Pesquisa (CNPQ), apesar dos  cortes orçamentários em torno  de 42,27%. “Tem uma equipe estudando esse assunto” , disse o ministro.  

 

Afirmando que recursos para a ciência e pesquisa não são gastos e sim investimentos, o ministro anunciou que nos 100 dias de Governo implementou várias ações, como o Centro de Dessalinização de água em Campina Grande (PB), o Fórum Nacional de Radiodifusão e o Acordo comercial  entre Brasil e Estados Unidos pra uso da Base de Alcântara, no estado do Maranhão. Ele prevê outras ações como ampliação da internet banda larga, internet das Coisas e o Marco Legal das Startup’s  - empresas de inovação tecnológica.

 

Em resposta aos senadores, Pontes assegurou que vai apurar as reclamações dos consumidores contra as operadoras sobre planos de Internet que não disponibilizam a velocidade contratada. Disse ainda que busca descontingenciar os recursos orçamentários para avançar nos projetos de pesquisas e que vai redistribuir os investimentos para que todas as regiões tenham projetos em várias áreas de conhecimento técnico-cientifico. Hoje, 70% dos investimentos em pesquisa estão concentrados na região sudeste.

 

Outra proposta do ministro foi a de investir na inovação tecnológica na área de energia renovável. Defendeu, por, ultimo, a parceria entre o setor público e a iniciativa privada para desenvolver pesquisas e aumentar o investimento no setor.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '