Câmara de Davinópolis recebe projeto que autoriza estágios pelo IEL - Parlamentares aprovam Fundo Municipal de Educação

13/06/2019

 

Nesta segunda-feira (10/6), os vereadores de Davinópolis (GO) se reuniram para a 18a sessão ordinária. A sessão contou com a presença de 7 dos 9 vereadores: Antônio Freires de Souza – Chumbinho, Huberdan Nunes, Jerusalém Machado, Ermelindo Lopes Filho – Miluzinho, o 1° secretário João José Rodovalho – Tita, a vice-presidente Michelle Severino Campos e o presidente Wilker Ferreira da Silva. Os vereadores Laís Cândido Neto e Edson Ferreira da Fonseca tiveram as ausências justificadas.

 

 

 

Na pauta da sessão, o Projeto de Lei 02/19, encaminhado pelo executivo e que pede autorização á Câmara para realização de convênio com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL), em conformidade com a Lei Nº 11.788/2008. O projeto prevê também que as vagas devem ser preenchidas por estudantes do nível médio, superior e profissionalizante, distribuídas de acordo com a necessidade do município e de acordo com o projeto pedagógico do curso. O prefeito Diogo pediu urgência na votação do projeto pela Casa.

 

Em seguida foi apresentado o ofício 052/19 para convidar os parlamentares a participar de uma reunião como Sindicato Rural de Catalão. O encontro foi realizado ainda na segunda-feira, no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

 

Na sessão, os vereadores também comentaram sobre o Projeto que prevê a independência de CNPJ das secretarias, como o do Fundo Municipal de Educação. “Eu vejo com extrema importância, vai somar uma força muito maior ao executivo. Se produzirmos 50% ao mês, vamos produzir 80%, além das responsabilidades – ele também vai ter que apresentar serviços, ao final do trimestre, semestre, ou a doze meses, a prestação dos serviços ao qual ele é designado, isso é muito importante para o município e sobre as secretarias”, disse o vereador João José Rodovalho - Tita 1° secretário da Câmara.

 

O vereador Huberdan Nunes, líder do prefeito, destacou. “Quando o secretário fazia uma coisa errada, quem ia para julgamento era o prefeito, hoje se fizer errado, tem um secretário que vai responder, pela secretaria dele”, disse.

 

Sobre a criação do fundo para administração dos recursos do Fundo Municipal de Educação, Tita disse que é ‘necessário’ e de ‘extrema importância’, pois com o acesso da secretaria aos recursos, a aplicação pode ser mais ‘efetiva’ e ‘criativa’.

 

Ao fim da sessão, o vereador Tita parabenizou à secretária do meio ambiente, Thais Martins, pela palestra oferecida durante o dia mundial do meio ambiente. “Minhas felicitações a secretaria de meio ambiente, ela pediu pra agradecer o espaço da palestra, na discussão, diversas formas de proteção ambiental, portanto uma palestra muito proveitosa, a gente leva um aprendizado pra casa”, completou.

 

Finalizando a sessão, o presidente da Câmara Wilker Ferreira observou que as próximas sessões serão para apreciar e votar a LDO 2020, diante determinação regimental do regimento interno da casa. Disse ainda aos colegas parlamentares que aqueles que forem apresentar emendas modificativas faça protocolo na secretaria da casa.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '