“Vamos somar forças dos países do Sudeste Asiático e do Estado de Goiás”, diz Lincoln Tejota

28/06/2019


 

Vice-governador recepcionou embaixadores de países do Sudeste Asiático em visita a Goiás e reforçou desejo de intensificar relações de amizade e comercial 

 

 

 

“Vamos somar forças dos países do Sudeste Asiático e do Estado de Goiás”, diz Lincoln Tejota - Foto: Fernando Leite

“Goiás tem mais vantagens em relação a outros Estados para aqui estabelecermos negócios, e um dos motivos é a sua localização estratégica”, destaca o embaixador do Vietnã no Brasil, Do Ba Khoa

O vice-governador Lincoln Tejota recepcionou representantes de seis países membros da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN na tarde desta quarta-feira (26), no Palácio Pedro Ludovico Teixeira. A missão veio a Goiás com o objetivo de estreitar laços e vislumbrar novos negócios com o Estado. “É interesse tanto do nosso governo como dos países asiáticos que aprofundemos essa relação, fortalecendo o comércio de grãos, de minérios e de carnes, entre outros”, afirmou o vice-governador.

“É uma honra recebê-los em Goiás. Esperamos estreitar esse intercâmbio para que possamos ter a presença dos países asiáticos cada vez mais forte em nossa vida e nossa economia”, afirmou o governador Ronaldo Caiado, que participou de parte do encontro com os embaixadores e representantes da ASEAN. 

Ele aproveitou a ocasião para explicar que, devido ao grande volume de compromissos, tem contado com o apoio do vice-governador para liderar parte das agendas. “Tenho um vice jovem e coloco sobre ele cada vez mais responsabilidade de trabalho”, disse Caiado, ao ressaltar também a qualidade da equipe técnica do governo.

No encontro, embaixadores da Malásia, Indonésia, Mianmar, Tailândia e Vietnã, além do encarregado de Negócios de Singapura, falaram sobre o interesse em promover a cooperação econômica, comercial, de investimentos e turística com Goiás. “O Estado de Goiás desempenha uma função importante na economia do Brasil, com uma rede de infraestrutura muito bem conectada, além de estar situado no coração do País”, ressaltou o embaixador do Vietnã no Brasil, Do Ba Khoa.

Potencial
“Gostamos da abordagem do novo governo na elaboração do Plano de Desenvolvimento do Estado, com uma apresentação muito clara sobre a indústria, agricultura, infraestrutura, tecnologia, inovação, desenvolvimento humano, saúde e educação”, disse Do Ba Khoa, ao enfatizar que o maior interesse do Vietnã em relação ao Brasil é o Agronegócio. “Goiás tem mais vantagens em relação a outros Estados para aqui estabelecermos negócios, e um dos motivos é a sua localização estratégica, no coração do Brasil, e muito perto das embaixadas”, destacou.

Em sua fala, Lincoln destacou que, no ano passado, a balança comercial goiana com os países da ASEAN registrou um superávit de US$ 300 milhões. “Estes países compram aproximadamente 10% de tudo o que Goiás exporta, mas isso é só o começo. Queremos receber e levar novos parceiros comerciais, intensificando essa relação e fortalecendo nossa economia. Vamos somar as forças dos países do Sudeste Asiático e do Estado de Goiás”, afirmou o vice-governador.

O vice-governador também ressaltou o trabalho do governador Ronaldo Caiado para estruturar o governo e assim receber cada vez mais investimentos. “O fortalecimento da economia, com o crescimento das exportações, faz com que o Estado avance e a geração de empregos aumente”, disse. Lincoln também falou sobre sua missão à China e a busca constante por investimentos. “Uma das metas do programa Goiás de Resultados é a ampliação do comércio exterior e a atração de investimentos externos para o Estado”, explicou.

O vice-governador também citou os frutos já consolidados da missão à China, entre eles a exportação de partes de frango, a realização de uma produção cinematográfica chinesa que será filmada em Goiás, e assinatura de um protocolo de intenções de intercâmbio acadêmico na área de Geologia. Ele lembrou que a China é o maior importador dos produtos Goianos. “Até abril deste ano nosso Estado exportou para lá US$ 845 milhões”. Tejota disse ainda que Goiás tem muito mais a apresentar, “Estamos de braços abertos para que vocês venham mais vezes, conheçam nossa potencialidades e aqui instalem novas empresas e realizem investimentos”.

O embaixador da Malásia, Lim Juay Jin, agradeceu ao governador Ronaldo Caiado e seu vice, Lincoln Tejota, pela recepção calorosa. “Tivemos a oportunidade de ver as apresentações de várias esferas do governo e o que me mais me chamou atenção foi o que o Lincoln disse: tudo inicia com a amizade. Na Malásia nós dizemos que ao conhecer as pessoas, passamos a amá-las. E agora estamos tendo a oportunidade de conhecer melhor Goiás e mesmo não podendo estender a visita já amamos esse Estado. Apesar da distância geográfica não me sinto longe de vocês e esse é o nosso papel: Fazer com que essa conexão seja mais significante. Nosso reconhecimento a esse vice-governador vibrante e dinâmico, que com sua liderança fará Goiás decolar”, encerrou.

Os embaixadores da Tailândia, Surasak Suparat; da Indonésia, Edi Yusup; de Myanmar, Myo Tint; e o encarregado de Negócios de Singapura, Desmond NG, também ressaltaram o desejo de formalizar novas parcerias com Goiás, e sugeriram a realização de um fórum na Ásia, com o intuito de reunir empresários goianos e dos países membros do ASEAN. Desmond NG destacou que 70% dos alimentos congelados importados por Singapura vêm do Brasil. “Queremos comprar mais produtos agrícolas e carne congelada de Goiás”, disse.

Contatos
No encontro, secretários e representantes das áreas de Desenvolvimento e Inovação; Indústria e Comércio; Agricultura; Goiás Turismo; e das superintendências de Comércio Exterior, Desenvolvimento Regional, e de Assuntos Internacionais, fizeram uma apresentação detalhada das atribuições de suas pastas e oportunidades de negócios em cada área. A Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) e a Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás (Acieg), além de representantes de sindicatos de diferentes setores, como o da carne e dos cosméticos, também participaram da reunião.

Os embaixadores da Associação das Nações do Sudeste (ASEAN) visitaram o Porto Seco de Anápolis nesta quarta-feira para conhecer a estrutura local e, na quinta-feira (27), participarão de uma rodada de reuniões com empresários de diferentes segmentos. A ASEAN é um bloco econômico integrado por Brunei, Camboja, Singapura, Filipinas, Indonésia, Laos, Malásia, Mianmar, Tailândia e Vietnã. Integra, ainda, países observadores: Papua-Nova Guiné e Timor Leste.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '