R$ 10 bilhões em investimentos serão destravados com novo licenciamento ambiental em Goiás

18/10/2019

 

 

Governador Ronaldo Caiado e ministro Ricardo Salles defenderam o desenvolvimento sustentável para gerar empregos e superar desigualdades regionais durante seminário sobre o setor imobiliário, em Goiânia. Governador ainda garantiu finalização do projeto executivo do “Juntos pelo Araguaia” e, com Salles, a defesa de recursos federais para o programa

 

 

 

 

 

 

Um total de R$ 10 bilhões em investimentos serão destravados graças à maior celeridade na liberação de licenciamentos ambientais, alguns engavetados há mais de 10 anos. Essa é a perspectiva do governador Ronaldo Caiado, que tratou deste e outros temas ao abrir o 9° Complan, maior Seminário sobre Comunidades Planejadas, Loteamentos e Desenvolvimento Urbano do Brasil, promovido pela Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil – ADIT Brasil, que segue até o próximo sábado (19), no Hotel Clarion Goiânia Órion, em Goiânia. 

 

“Temos em Goiás uma demanda de mais de 120 PCHs [Pequenas Centrais Hidrelétricas], vindas de condomínios e indústrias a serem instaladas no Estado. Tudo isso, engavetado e com mais de 10 anos sem uma solução. Só investimento nas áreas que eu citei, são mais de R$ 10 bilhões em Goiás. São milhares de empregos. Isso significa que seria contra o Meio Ambiente? Não. Cumpra-se a lei, autoriza-se o emprego e o investimento”, defendeu Caiado. 

 

Acompanhado pela secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Andréa Vulcanis, o governador também reconheceu o trabalho da auxiliar na modernização dos processos da pasta. “Informatizar é trazer o setor do Meio Ambiente para o século XXI”, enfatizou. Ele explicou que não é possível seguir utilizando métodos ou práticas que não facilitem a vida do cidadão. 

 

Segundo a titular da Semad, a desburocratização do setor ambiental em Goiás foi uma das metas estabelecidas desde o início pelo governador Ronaldo Caiado. “Logo que assumi a secretaria, em janeiro, fui perguntada sobre os objetivos que tínhamos e sempre disse que era tornar a gestão do Meio Ambiente em Goiás 100% digital”, disse. “Saímos de uma espera de três a quatro anos na emissão de uma outorga para apenas seis meses já neste primeiro ano de trabalho. Com certeza é uma entrega significativa do Governo de Goiás em pouco mais de nove meses de gestão”, completa.

 

O governador chegou ao Complan em companhia do principal convidado do evento, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, que  ministrou a palestra “Meio Ambiente em uma visão desenvolvimentista”. Em sua fala, Salles destacou vários pontos que implicam destravar o setor produtivo. 

 

“Oitenta por cento da população brasileira mora nas cidades. Grande parte sem saneamento, coleta do lixo, problemas de qualidade do ar, falta de área verde permeável, entre outras questões”, apontou o ministro. Ele defendeu o alinhamento do setor produtivo – nesse caso, o setor imobiliário –, com o governo como caminho para transformar essa realidade. “[A parceria] é justamente para, observado o interesse público, o bom senso e as regras corretas, fazer os ajustes que devemos fazer. São várias as oportunidades para empreendimentos imobiliários que tenham a preocupação ambiental como diferencial.”

 

O governador Ronaldo Caiado fez elogios ao ministro: “É um quadro do presidente Jair Bolsonaro com capacidade para debater os grandes temas relacionados ao Meio Ambiente e desmistificar a ideia de que as melhorias vão de encontro às prerrogativas ambientais”. Para Salles, o segmento imobiliário, que gerava tantos empregos no Brasil, foi alvo de equívocos da agenda econômica escolhida por governos passados, com excesso de regulamentação e burocracia, estruturado em um modelo irracional, que atrapalhou a cadeia produtiva do País. “O setor não foi poupado dessa conjunção negativa de fatores”, assinalou o ministro.

 

Caiado defendeu a necessidade de dirimir as amarras estatais para promover desenvolvimento com sustentabilidade e o direito de propriedade no Brasil. “Queremos avançar na qualidade de vida, inovação e tecnologia. Só assim iremos superar as desigualdades regionais. Temos que ter a capacidade de desmistificar que, ao construir melhorias, há uma luta contra o Meio Ambiente”, destacou.

 

O governador aproveitou para retomar pontos do projeto Juntos Pelo Araguaia. Informou que o projeto executivo está sendo finalizado – em um trabalho conjunto com a Universidade de Viçosa, Universidade Federal de Goiás (UFG) e a Universidade Estadual de Goiás (UEG) –, e deve ser entregue a Salles no mês de dezembro. “O ministro me deu garantias para implementar as condições orçamentárias para que o Juntos Pelo Araguaia seja colocado em prática, tão logo seja concluído o projeto executivo da recuperação do Araguaia.”

 

 

Desafios urbanísticos

Reunindo importantes players do segmento, o Complan tem em sua extensa programação painéis, palestras, workshops e visitas técnicas para colocar em pauta os desafios de grandes projetos urbanísticos, bairros e comunidades planejadas, além de loteamentos e condomínios em todo o País. Completam a programação reflexões sobre as cidades do futuro, lançamentos imobiliários e financiamento para projetos horizontais. Ao todo são mais de 35 profissionais convidados, referências nas mais variadas áreas do desenvolvimento urbano a nível global.

 

Também estiveram presentes na abertura o presidente da Associação para o Desenvolvimento Imobiliário e Turístico do Brasil (ADIT Brasil), Caio Calfat; o presidente de honra da ADIT Brasil, Felipe Cavalcante; o gerente executivo da ADIT Brasil, Martin Díaz; o presidente da Associação de Empresas de Loteamento e Desenvolvimento Urbano (AELU), Caio Portugal; o deputado federal José Nelto, além de empresários do segmento. (Com informações da Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás / Fotos: Lucas Diener)

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '