“Bombeiros e policiais civis e militares engrandecem Goiás no cenário nacional”, diz Caiado

10/11/2019



Governador prestigiou a solenidade de formatura do Curso de Especialização em Salvamento em Altura, que formou 41 bombeiros, entre eles 25 militares goianos e os demais alunos vindos de outros estados e até da Argentina

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



“Altura? Altura!” O grito de guerra dado pelo governador Ronaldo Caiado foi respondido com força pelos 41 formandos da turma 2019 do Curso de Especialização em Salvamento em Altura (CSALT-2019), do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO). A solenidade foi na manhã desta sexta-feira (8/11), no 1º Batalhão Bombeiro Militar, com direito a várias demonstrações de descida de prédio e helicóptero, utilizando a técnica do rapel e arrancando aplausos das autoridades e familiares presentes. “Preparo, competência, reconhecimento, solidariedade e amor ao próximo. Este é o perfil do goiano, mas também são os princípios maiores das nossas instituições policiais. Tenho um orgulho enorme de ser comandante chefe de uma tropa de bombeiros e policiais civis, militares, que cada vez mais engrandecem o nome do Estado de Goiás no cenário nacional”, afirmou Caiado.

Os militares formandos saem prontos para as mais variadas situações de salvamento em altura. Desde centros urbanos, prédios, torres de telefonias e de alta tensão, pontes, estruturas metálicas, até os ambientes naturais, como cachoeiras, paredes de escaladas, trilhas, onde têm acessos elevados, ribanceiras. O bombeiro especialista é capaz de fazer salvamentos, imobilizações, transposições e acesso, tudo com uso de cordas. “Esse é o preparo para atuar tanto na execução desses salvamentos quanto na multiplicação, saindo também instrutores para multiplicar o conhecimento nas suas unidades”, explicou o coordenador do curso, capitão Luciano Freitas.

Agora, a sociedade goiana contará com mais 25 bombeiros militares especialistas em Salvamento em Altura. Este ano, o curso começou com 44 alunos, sendo que 41 concluíram com êxito, entre bombeiros de Goiás, Rondônia, Ceará, Amapá, Acre, Rio Grande do Sul, Maranhão, Amazonas, Pará e até mesmo da Argentina, além de militares do Exército, Força Aérea e agentes da Polícia Rodoviária Federal. “É uma honra receber aqui bombeiros militares de outros Estados. De Goiás, levem o nosso abraço e o gesto acolhedor do goiano, a quem não falta a coragem na hora de defender a bandeira do Estado e a bandeira brasileira”, disse o governador.

Na avaliação do secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, os cursos ministrados pelos Bombeiros de Goiás já se tornaram referência e, em muito, extrapolaram as fronteiras de Goiás e do Brasil. “Tenho certeza absoluta que vai ser muito útil para o nosso Corpo de Bombeiros, e também para as demais forças de segurança dos outros Estados brasileiros e da Argentina. Esse é o caminho das forças de segurança de nosso País: especialização e capacitação constantes para, a cada dia, prestarmos melhores serviços”, pontuou.

O curso durou dois meses e uma semana, totalizando 400 horas/aula. “Tenho certeza que durante este período, os bombeiros tiveram esse treinamento e nós temos a tranquilidade, a segurança de entregar isso para a sociedade”, afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Dewislon Adelino Mateus. “Para nós, é uma honra muito grande estarmos integrando neste momento, à sociedade, esses profissionais que vão laborar noite e dia, sempre sob pressão. Toda e qualquer operação em altura exige responsabilidade, segurança e preparo psicológico”, completou.

Experiência gratificante
O 2° Tenente Marlúcio Anderson da Conceição veio do Amapá e completou o curso em 1° lugar. Para o bombeiro, foi gratificante este reconhecimento para um militar vindo de outro Estado. “Sempre busquei essa especialização e agora poderei colaborar muito mais para minha Corporação, que tem carência nesta área de salvamento em altura.” A enfermeira Melissa Ferreira era só orgulho. “Ele é muito competente. Sou fã numero 1 do meu marido”, afirmou.

Da Corporação goiana, soldado Rony Pereira diz que o curso é muito importante tanto para o militar quanto para a população. “Foi muito importante porque qualifica e deixa o bombeiro mais preparado para atender a sociedade”, contou. O curso foi a oportunidade para Sebastian Perez, que atua em Buenos Aires, não apenas se aprimorar profissionalmente, mas de quebra, conhecer o Brasil. Para o argentino, a experiência foi especial. “É um País maravilhoso, e esse curso é um dos mais importantes da América Latina”, avaliou o portenho.

Desde sua criação, o CSALT do CBMGO já formou 205 especialistas em salvamento em altura de vários estados e instituições. Dentre as disciplinas ministradas, destacam-se salvamento de vítima de tentativa de autoextermínio, ocorrências em edifícios verticais elevados, pontes, torres, salvamento em cachoeiras, vítimas presas em andaimes, ocorrências envolvendo escaladores, dentre outras.

Também prestigiaram a formatura a secretária de Estado de Comunicação, Valéria Torres; o secretário-chefe da Secretaria Geral de Governo de Goiás, Fábio Cammarota; o deputado federal Major Vitor Hugo; o deputado estadual Major Araújo; o superintendente da Polícia Rodoviária Federal em Goiás (PRF/GO), inspetor Álvaro de Resende; Inspetor da Divisão de Resgate da Argentina, inspetor David Adrían Narbaez; e o diretor comercial da Saneago, Hugo Goldfeld.
(Fonte: Secom Goiás /  Fotos: Vinícius Schmidt)

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '