Em meio à crise, Goiás mostrou ao Brasil como administrar com criatividade, diz Marconi ao lançar o Goiás na Frente em Ipameri

10/05/2017

 

Na regional Sudeste, o programa Goiás na Frente investirá R$ 230 milhões, beneficiando 24 municípios

 

O governador Marconi Perillo e o vice-governador José Eliton lançaram na manhã desta terça-feira (9) mais uma etapa do programa “Goiás na Frente” no Pavilhão Diocesano da Catedral do Divino Espírito Santo, em Ipameri, na região Sudeste do Estado. Mais de 500 pessoas prestigiaram a solenidade, onde o governador anunciou investimentos superiores a R$ 200 milhões para os 24 municípios que integram a regional do ‘Goiás da Frente” em Ipameri.

 

Concebido para realizar investimento de R$ 9 bilhões em todos os municípios do Estado, R$ 6 bilhões de recursos do Tesouro Estadual e outros R$ 3 bilhões de recursos privados, o programa “Goiás na Frente” definiu um recurso de R$ 230 milhões para ser aplicado nos 24 municípios da regional Sudeste composta por Ipameri, Anhanguera, Bela Vista de Goiás, Caldas Novas, Campo Alegre, Catalão, Corumbaíba, Cristianópolis, Cumari, Davinópolis, Gameleira, Goiandira, Leopoldo de Bulhões, Nova Aurora, Orizona, Ouvidor, Palmelo, Pires do Rio, Santa Cruz de Goiás, Silvânia, São Miguel do Passa Quatro, Três Ranchos, Urutaí e Vianópolis.

 

Serão investidos mais de R$ 94 milhões em obras estruturantes, dos quais R$ 18 milhões no programa Rodovida Construção; R$ 53 milhões no programa Rodovida Reconstrução e R$ 23 milhões no programa Rodovida Manutenção.

 

Para a Educação, foram destinados R$ 11 milhões; Saúde, R$ 5 milhões (construção do Credeq de Caldas Novas); Desenvolvimento Regional, Ciência, Tecnologia e Inovação, mais de R$ 4,4 milhões (construção do Itego de Catalão); Saneamento, R$ 33 milhões (R$ 3 milhões para implantação de sistemas de água e R$ 30 milhões para sistemas de esgoto); Habitação, R$ 18 milhões ( construção de 1.464 unidades habitacionais); UEG, R$ 2 milhões (construção de auditório com 400 lugares em Caldas Novas); Apoio aos municípios, R$ 34 milhões (pavimentação asfáltica, recapeamento, urbanização, galerias pluviais, construção e reforma de hospital municipal); Segurança, R$ 27,5 milhões (R$ 24,5 milhões na construção de Unidade Penal em Caldas Novas e R$ 3 milhões para construção do IML em Catalão).

 

Trabalho duro

 

Durante a apresentação do programa, Marconi destacou os investimentos previstos no programa exclusivamente para a cidade de Ipameri.

 

“São recursos bastante expressivos”, considerou o governador ao nominar a reconstrução da rodovia Ipameri-Caldas Novas e a construção do lago artificial da cidade em parceria com a Prefeitura, que deverá ser inaugurado ainda este ano entre outros benefícios.

 

“Eu trabalhei duro com o José Eliton e a minha equipe econômica para garantir esses recursos do “Goiás na Frente”, oriundos da venda da Celg, empréstimos e fundos que eu criei exclusivamente para garantir todos esses investimentos”, declarou o governador ao considerar que “em meio à maior crise vivida pelo nosso País, quando o Brasil ficou 10% mais pobre o Estado de Goiás demonstrou ao Brasil como administrar com criatividade”.

 

Lembrou que para superar as dificuldades geradas pela crise cortou os gastos, cessou os investimentos e os aumentos salariais e não permitiu que o Governo do Estado deixasse de cumprir suas obrigações com os servidores públicos, pagando a folha salarial em dia, mantendo o pagamento dos programas sociais, investindo na Saúde e valorizando os servidores da Educação e preparando a contratação de mais três mil policiais. “Tudo isso foi possível porque nós conseguimos fazer um plano de ajuste e de austeridade, economizando e maximizando os recursos do Governo do Estado”.

Governo que tem sensibilidade

 

O coordenador do “Goiás na Frente” e vice-governador José Eliton disse que o foco principal do programa é a melhoria da vida das pessoas. “Não teria sentido fazermos algo que não significasse melhorar a qualidade de vida da nossa população”, salientou.

Ele reiterou que o programa se desenvolve em três eixos. O primeiro dando ênfase à logística e à infraestrutura, principalmente com obras de reconstrução rodoviária, novas pavimentações e duplicações, além de investimentos em outras áreas da administração como educação, saúde, habitação etc.

 

O segundo eixo contempla as ações sociais através do fortalecimento e ampliação de programas sociais que visam amparar as famílias mais carentes. E o terceiro eixo o apoio direto aos municípios. Para tanto, o governo destinou uma verba de R$ 500 milhões para contemplar todos os 246 municípios goianos. “Nenhum município receberá menos que R$ 1 milhão”, garantiu.

 

José Eliton enalteceu os primeiros resultados do programa e se disse privilegiado em poder trabalhar ao lado do governador Marconi Perillo “para o sucesso do “Goiás na Frente”, na concepção dele o maior programa de investimentos em realização no Brasil. “Participo de um governo que tem sensibilidade, que sabe o que é prioritário e atende os anseios da população”, salientou.

 

Depois de dizer que o governador Marconi Perillo “desenvolve uma gestão que tem compromisso com o hoje e com o amanhã”, o vice-governador encerrou ensinando que “administração se faz com responsabilidade, não com bravatas e aos gritos”.

Serve de inspiração

 

A prefeita anfitriã, Daniela Carneiro (PSDB), exortou a todos os prefeitos beneficiados com recursos do programa “Goiás na Frente” a “cuidar de cada centavo que receberão do governo do Estado”. Ela destacou ter convicção do sucesso do programa. “Sua aprovação perante a população e a classe política goiana e brasileira será tão grande que, a exemplo dos programas sociais criados pelo

 

governador Marconi Perillo, o “Goiás na Frente” servirá de inspiração para outros governadores”, declarou.

 

Ordens de Serviço

 

No lançamento do “Goiás na Frente” em Ipameri, o governador Marconi Perillo assinou três ordens de serviço autorizando obras para cidades que estão incluídas na regional do Sudeste e da Estrada de Ferro. A primeira ordem beneficia todos os municípios da regional com convênios que foram assinados pelo Governo do Estado por intermédio da Agehab com as Prefeituras para a construção de 1.758 unidades habitacionais no valor de R$ 17,5 milhões.

 

A segunda celebra convênio com a Prefeitura de Vianópolis visando a liberação de R$ 4,2 milhões, dos quais R$ 3,2 milhões para obras no Cemitério Municipal e R$ 1 milhão para pavimentação e recapeamento de vias urbanas.

 

Com o município de Gameleira, o governo firmou convênio para a liberação de R$ 1 milhão destinados a obras de pavimentação e recapeamento de asfalto urbano.

 

A solenidade de Ipameri foi prestigiada pelo deputado federal Roberto Balestra e pelos deputados estaduais Gustavo Sebba, Diego Sorgatto e Jean Carlo. Além de 22 dos 24 prefeitos da regional Sudeste, estiveram presentes vereadores, presidentes de partido, auxiliares do governo do Estado e das prefeituras da região.

 

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '