FURNAS recuperou todas as 11 torres afetadas por tempestade em Goiás

10/10/2017

 

 

 

 

 

 

Queda da linha não teve consequências para o fornecimento de energia ao SIN.

 

 

 

 

As equipes de atendimento a emergências de FURNAS já recuperaram todas as 11 torres da linha 345 kV Corumbá – Brasília Sul, afetadas pela tempestade que atingiu Goiás na tarde do sábado (30/09). A linha retornou à operação às 15h32min desta segunda-feira (9/10), três dias antes do prazo inicialmente previsto (12/10).

 

A queda das estruturas havia provocado o desligamento da linha Corumbá – Brasília Sul e a interdição momentânea da rodovia GO 010, no trecho entre as cidades de Luziânia e Vianópolis, durante quase 10 horas. A atuação correta do sistema de proteção restringiu a interrupção ao circuito afetado e não houve consequências para o Sistema Interligado Nacional (SIN) ou danos a terceiros, funcionários e equipamentos.

 

O Plano de Atendimento a Emergências de FURNAS foi acionado imediatamente após a constatação da queda das estruturas e as equipes de campo já estavam no local no final da tarde do dia da ocorrência, para dar início aos trabalhos de recomposição da linha. Estiveram no local diversos profissionais, entre técnicos, engenheiros e prestadores de serviços de logística, além de pessoal de apoio como médicos e especialistas em segurança do trabalho. Toda a estrutura de apoio necessária para atender esses trabalhadores foi montada no local, como tendas para reuniões e refeições, banheiros químicos e geradores, além de profissionais da área de saúde e até uma ambulância para qualquer emergência. Também foram deslocados para o local equipamentos pesados como guindastes, retroescavadeiras, tratores, caminhões e ônibus para o transporte dos trabalhadores.

 

As torres têm, em média, 30 metros de altura.  Os trabalhadores precisaram remover as estruturas danificadas, verificar se a fundação precisava ser refeita, montar as novas torres, remover e recuperar os cabos caídos, içá-los nas estruturas já montadas e fixá-los, reinstalando as cadeias de isoladores e espaçadores. Tudo isso da forma mais rápida e segura possível.

 

“Esses profissionais saem de suas bases e enfrentam todo o tipo de dificuldade imposta pelo trabalho de campo para restabelecer a segurança do SIN. FURNAS tem muito orgulho de suas equipes de atendimento a emergências, não só pela sua comprovada expertise e competência, mas pela seriedade e comprometimento que esses homens e mulheres demonstram para com a empresa, a população atingida e o sistema elétrico brasileiro" afirma o Gerente de Operações Brasília de FURNAS, Ildebrando.

 

 

 

 

 

 

Crédito/Foto: Dani Monteiro/Furnas

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '