Marconi comemora Goiás na liderança da produção industrial brasileira

19/05/2017

 

 

O governador Marconi Perillo comemora o fato de que Goiás, segundo levantamento do IBGE, liderou o crescimento industrial no país, no mês de março e no primeiro trimestre deste ano. Para Marconi, muito esforço e trabalho contribuíram para isso, especialmente com a política de atração de investimentos, de incentivos fiscais, a busca pela inovação e competitividade e a ousadia do Governo de Goiás e dos prefeitos em incentivarem e apoiarem as iniciativas em prol do empreendedorismo.

 

 

 

Os investimentos em infraestrutura e a política de incentivos fiscais do Governo de Goiás contribuíram para que o Estado mais uma vez lidere o crescimento da produção industrial no País. Em março, a produção industrial goiana cresceu 8% na comparação com igual período do ano passado, ficando em primeiro lugar no ranking nacional. No acumulado do primeiro trimestre do ano, houve acréscimo de 6,6% sobre os três primeiros meses de 2016, garantindo também a liderança nacional.

 

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta terça-feira (09/05). Eles mostram que, dos 14 Estados pesquisados e mais a Região Nordeste, a produção industrial de Goiás cresceu 0,5% em março na comparação com fevereiro, ficando atrás apenas do Amazonas (5,7%), Bahia (2%), Rio de Janeiro (0,7%). A Região Nordeste avançou 0,1%. Nas demais localidades houve queda.  Na média nacional, o recuo foi de -1,8%.

 

Em março, na relação com igual período do ano passado, Goiás (8%) e Rio Grande do Sul (7,4%) assinalaram os avanços mais intensos na produção industrial. No Estado, os segmentos industriais que tiveram as maiores altas foram: indústria alimentícia (15,7%), produtos farmacêuticos (18,5%), metalurgia (6,9%) e indústria extrativa mineral (15,1%).

Na contrapartida, registraram recuo na produção os segmentos de fabricação de veículos automotores (-17,8%), produtos químicos – fertilizantes e adubos - (-29,3%), e produtos minerais não metálicos – usados na construção civil – (-17,7%).

 

“O aumento no ritmo da produção industrial goiana está evidente neste ano, com taxa positiva de 6,6%, a maior do País, graças aos esforços do governo Marconi Perillo e dos empresários que estão empenhados em fazer Goiás avançar no crescimento econômico e garantir melhor qualidade de vida à população”, afirma o secretário de Gestão e Planejamento (Segplan), Joaquim Mesquita.   

 

Goiânia, 10 de maio de 2017.

Comunicação Setorial – Segplan -, com

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás

 

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

O conteúdo do sdnews é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.

  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • Google+ - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2017 "SDNEWS.COM.BR".  Liderança Bureal de Criação 'André Martins '